Carregando...

Conheça o papel da Imobilliária

Antes de mais nada é importante ressaltar que a imobiliária poderá apenas alugar determinado imóvel para o proprietário ou alugar e também cuidar da locação ao longo do contrato – e isso deve estar bastante claro no contrato com a empresa.

Para se certificar da idoneidade da empresa, vale consultar pessoas do seu círculo de amigos que já tenham contratado os serviços da empresa e/ou inquilinos de imóveis administrados pela imobiliária. Verifique, também, se não há reclamações contra a empresa no cadastro do Procon e na Aabic-Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios do Estado de São Paulo), se a imobiliária for filiada, pelo telefone (11) 3887-3372 (www.aabic.org.br).

É papel da imobiliária envolvida na negociação providenciar toda a documentação necessária. Não deverá ser cobrado nem do proprietário nem do inquilino o custo para fazer a avaliação da documentação.

Antes de assinar o contrato, informe-se sobre a forma de prestação de contas; a data de recebimento do pagamento feito pelo inquilino e a data de repasse desse pagamento ao locador; e os serviços incluídos na taxa de administração, como assessoria jurídica, índice escolhido para reajuste e vistoria na entrada e saída do locatário; e forma adotada como garantia (pelo tradicional fiador ou contrato com alguma seguradora para dispor de seguro-fiança).

Quanto ao IPTU – Imposto Territorial Urbano, este deverá ser pago pelo inquilino bem como a Taxa do Lixo. É importante que isto esteja claro no contrato, aliás, não só IPTU e taxa de lixo como também despesas de água, luz, gás, condomínio e outros impostos que recaiam sobre o imóvel.

São obrigações da imobiliária: receber o aluguel; fazer notificações ao inquilino (sobre o vencimento de seguro-fiança, proximidade do reajuste etc); e fornecer o resumo anual dos recebimentos para o Imposto de Renda do proprietário, no caso de imóveis residenciais, ou reter o imposto na fonte, no caso de imóveis comerciais. É bastante comum as imobiliárias especificarem nos contratos de prestação de serviços que não garantem o repasse do valor do aluguel caso o inquilino não pague na data de vencimento.

É importante também, que a imobiliária disponha de um departamento jurídico, para garantir o bom relacionamento entre as duas partes.

CUSTO DO SERVIÇO

A taxa mensal de administração, em média, gira em torno dos 10% do valor do aluguel.

Para fechar um contrato de locação, o proprietário precisa apresentar o título de propriedade do imóvel, procuração para que a imobiliária possa fazer cobranças em nome do proprietário, CIC, RG, contas de água, luz e carnê do IPTU.

A imobiliária não pode cobrar do proprietário cotas e despesas de condomínio, taxa para vistoria de entrada e saída do inquilino, serviços de notificação e intimação, desde que essas intimações não sejam por alguma exigência específica do proprietário.


ENUMERAMOS AQUI ALGUNS SERVIÇOS PRESTADOS PELA ADMNISTRADORA DE IMÓVEIS

  • Cadastrar o cliente 
  • Avaliar o estado físico do imóvel recebido para administrar 
  • Avaliar o valor do futuro aluguel 
  • Obter procuração para administrar o imóvel 
  • Obter contrato de prestação de serviços 
  • Obter cópia dos documentos do imóvel junto ao proprietário 
  • Cadastrar o imóvel para administração 
  • Elaborar anúncios do imóvel (jornais, placa, internet) 
  • Atender e cadastrar os pretendentes ao imóvel 
  • Proposta e avaliação das fichas do pretendentes 
  • Proposta e avaliação das fichas do fiador e sua mulher 
  • Elaborar contrato de locação 
  • Elaborar laudo de vistoria a ser entregue ao locatário 
  • Receber alugueres e encargos 
  • Emitir recibos e comprovantes de pagamentos 
  • Fornecer prestação de contas em forma de extratos mensais ao proprietários 
  • Fornecer extrato pra fins de imposto de renda 
  • Preparar e enviar correspondência so locatário em atraso 
  • Efetuar vistoria de saída do imóvel